Café do Ponto é bom?

Café do Ponto é bom?

Tempo de leitura: 5 minutos

Café do Ponto é bom?

Reconhecido em todo território nacional, o Café do Ponto se destaca como um dos principais produtores de café no Brasil, marcando presença em 15 estados com um total superior a 90 estabelecimentos.

Diariamente, são consumidas aproximadamente 2 milhões de xícaras deste apreciado café.

O portfólio de produtos da empresa é diversificado, abrangendo desde o café padrão e intenso até opções descafeinadas, solúveis, expressos, gourmet, com aromas especiais e de origens regionais, não esquecendo os filtros de papel e uma variedade de acessórios para café.

A capacidade produtiva é impressionante, com o processamento diário de mais de 48 toneladas de grãos de café.

História do Café do Ponto

qual a melhor máquina de café expresso profissional

Antigamente, um grupo de produtores de café costumava se encontrar regularmente em um ponto específico para trocar ideias e saborear a bebida que tanto apreciavam.

Esses encontros inspiraram a criação de uma modesta torrefação em Cafelândia, no interior paulista, batizada de Ponto do Café.

Em 1950, sob a liderança dos irmãos Hattori, foi lançada a marca Café do Ponto, uma homenagem a essas reuniões cotidianas.

Com uma visão inovadora, os irmãos Américo e Kiyoshi Sato impulsionaram o crescimento e a modernização da marca, consolidando-a como uma das líderes no segmento de café no Brasil.

Eles foram os primeiros a comercializar o café em supermercados, introduzindo o tradicional Café do Ponto em 1972, além de inovar com o lançamento do café para exportação e a embalagem tipo almofada, que ajudava a manter o sabor e aroma do produto.

Em 1976, deram mais um passo pioneiro ao inaugurar a primeira cafeteria do país especializada em café, situada no Shopping Ibirapuera, em São Paulo.

Já na década de 1980, atenderam a uma nova demanda de mercado com o lançamento do café descafeinado, voltado para consumidores que desejavam apreciar café com baixo teor de cafeína.

Finalmente, em 1998, a Café do Ponto foi adquirida pela corporação americana Sara Lee, que posteriormente dividiu sua área de cafés e chás, criando a empresa D.E Master Blenders 1753.

Crescimento da marca Café do Ponto

Café do Ponto

Após sete anos de sua fundação, liderados por Américo e Kiyoshi Sato, o Café do Ponto embarcou em um processo de crescimento, priorizando a qualidade do café em um período que privilegiava a produção em larga escala.

A ênfase na excelência dos irmãos Sato levou a empresa a uma rápida expansão, com os cafés da marca conquistando posição de destaque nos supermercados e aumentando sua distribuição no mercado.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CAFÉ DO PONTO

Surgimento das cafeterias Café do Ponto

Em um mercado com escassos investimentos em cafeterias, o Café do Ponto abriu sua primeira loja em 1976 no Shopping Ibirapuera em São Paulo, um centro de compras importante da cidade.

Visando um crescimento ágil e sustentável, a marca adotou o modelo de franquias. Atualmente, possui quase cinquenta estabelecimentos espalhados por oito estados do Brasil.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CAFÉ DO PONTO

Produtos

A empresa foi pioneira ao introduzir café em pó nas conhecidas almofadas, um formato que se tornou comum nos mercados.

Além do mais, destacou-se ao ser a primeira a oferecer o café descafeinado e também cafés aromatizados.

Estes últimos utilizam grãos de alta qualidade combinados a essências exclusivas, resultando em sabores e aromas únicos, como baunilha, creme irlandês e chocolate.

Em 2002, a empresa inovou no setor de café com o desenvolvimento de novas técnicas de embalagem, introduzindo o Ideal Pack, uma embalagem a vácuo que preserva melhor o sabor.

Já em 2006, a empresa expandiu seu portfólio com o lançamento do Sachê para café espresso, voltado para uso em escritórios, consultórios, bares, restaurantes, lojas e hotéis, produto que mantém sua popularidade.

Prosseguindo com inovações, em 2013 a Café do Ponto atendeu às tendências de mercado lançando o Café do Ponto L’OR Espresso.

As cápsulas, compatíveis com máquinas Nespresso, vieram em seis opções de blends: Supremo, Decaffeinnato, Splendente, Sontuoso, Forza e Fortissimo.

Hoje em dia, os produtos de maior destaque da marca são os cafés Arauto, Exportação e Safra Especial da Café do Ponto.

Com ampla distribuição pelo Brasil, estão disponíveis em cafeterias, bistrôs, lojas especializadas e grandes supermercados.

A aposta nesses cafés de alta qualidade é parte da estratégia da marca para manter sua posição entre os melhores no mercado nacional.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CAFÉ DO PONTO

Café do Ponto é bom?

O Café do Ponto se distingue pela escolha minuciosa de ingredientes para sua linha de produtos, assegurando uma qualidade superior em cada xícara servida.

Consistente em ultrapassar as expectativas em testes e certificações, torna-se uma opção irresistível para os apreciadores de café.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CAFÉ DO PONTO

Conclusão

café do ponto

O Café do Ponto se destaca como uma marca de café de qualidade, investindo em ingredientes selecionados e garantindo excelência em seus produtos.

Sua presença no mercado é resultado de estratégias bem-sucedidas de marketing, parcerias com mercados e eventos, além de oferecer treinamentos constantes para franqueados e suas equipes, proporcionando um atendimento especializado aos clientes.

Com uma variedade de opções que atendem aos diferentes gostos dos consumidores, o Café do Ponto conquista os apreciadores de café, oferecendo desde os clássicos tradicionais até os cafés aromatizados, tudo com o cuidado de manter a qualidade e o sabor.

Se você é apaixonado por café, certamente encontrará na marca um café que agrada ao seu paladar.

Então, experimente, compartilhe essa experiência com seus amigos e familiares, e acompanhe nossas atualizações para saber mais sobre o mundo do café.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O CAFÉ DO PONTO