Cafeteira italiana como usar?

Cafeteira italiana como usar?

Tempo de leitura: 7 minutos

Cafeteira italiana como usar?

Não importa se o dia está agitado ou se desfrutamos de uma tarde calma, um bom café é sempre uma ótima companhia.

Nosso fiel parceiro em diversos momentos, do despertar ao anoitecer e até nas horas tardias.

Que bebida pode superar o café? Saboroso, aquecedor, e ainda nos ajuda a manter o ânimo e a sensação de bem-estar. É, sem dúvida, um prazer inigualável.

Para prepará-lo, uma alternativa é a cafeteira italiana. Vamos conhecer mais sobre esse método tradicional de preparo.

O que é e como surgiu a cafeteira italiana?

O que é e como surgiu a cafeteira italiana?

A cafeteira italiana, originalmente chamada de Moka, foi inspirada na cidade de Moca, no Iêmen, conhecida por seus cafés de qualidade.

Seu design é baseado na forma das mulheres da época e é amplamente utilizada em 90% dos lares italianos. No Brasil, foram vendidos 72 mil exemplares em 2018.

A ideia para seu funcionamento veio da observação de mulheres lavando roupas em um tanque, onde a água quente e o sabão eram direcionados através de um tubo central.

Esse sistema de pressão e ebulição da água é semelhante ao utilizado na cafeteira italiana.

A Moka é um dos poucos métodos de extração de café que usa pressão da água, resultando em uma bebida ligeiramente amarga e com baixa acidez.

Embora existam outros métodos de preparo de café, como infusão e coagem, a cafeteira italiana definitivamente merece ser experimentada.

Como a Moka funciona?

Garota pensativa se a Nespresso Vertuo Next: vale a pena?

A cafeteira italiana é composta por dois compartimentos principais. O compartimento inferior contém água e é colocado diretamente sobre o fogo. O compartimento superior tem um formato octagonal semelhante ao de uma forma de pudim, com um furo no centro, onde o café pronto é coletado.

A bebida flui para o compartimento superior através de um pequeno tubo central com dois orifícios superiores, permitindo que o café seja extraído sob a pressão gerada pela água quente. À medida que a água esquenta, o vapor é produzido e direcionado a passar pelo café.

Entre os dois compartimentos mencionados, o pó de café é colocado em uma peça de metal com pequenos furos, permitindo que a água passe por ele enquanto sobe.

O compartimento superior também contém uma placa de metal com orifícios menores, permitindo que a água suba em direção à superfície sem arrastar os grãos de café, resultando em uma bebida pura e consistente.

Em casa, é possível desfrutar de um espresso semelhante ao servido em uma cafeteria. Essa era a proposta da Moka, criada por Alfonso Bialetti, e seu slogan continua válido até os dias de hoje.

Quais partes a cafeteira possui?

Quais partes a cafeteira possui?

A cafeteira italiana é composta por três partes principais para a produção do café: o recipiente inferior, onde a água é fervida; o funil metálico, onde o pó de café é colocado e a água quente passa por ele; e o recipiente superior, onde o café pronto é expelido e pode ser servido.

Em comparação com uma máquina de espresso, a cafeteira italiana possui uma pressão muito menor, cerca de 1.5 bar, enquanto uma máquina de espresso tem 9 bar. Isso resulta em sabores e experiências diferentes nas duas preparações.

Além disso, o uso da cafeteira italiana é prático, não requer o uso de filtros ou outros utensílios, e há diferentes tamanhos disponíveis para se adaptar às necessidades individuais.

Limpeza do equipamento

Limpeza do equipamento

A higienização da sua cafeteira é essencial para garantir um café de qualidade. Lave sempre com água e sabão neutro, e se desejar uma limpeza mais profunda, você pode utilizar vinagre branco ou bicarbonato de sódio, deixando de molho por alguns minutos.

Lembre-se de utilizar água aquecida para potencializar a limpeza. Mantenha sua cafeteira sempre limpa e pronta para preparar deliciosas xícaras de café.

Embora a cafeteira italiana não seja a mesma coisa que uma máquina de espresso, é um método de extração por pressão.

Quando preparado corretamente, o café apresenta um sabor semelhante ao do espresso, com um caráter forte e encorpado. Esse método realça o amargor do café, enquanto a acidez é menos pronunciada.

Como preparar o café na cafeteira italiana?

Como preparar o café na cafeteira italiana

Aprender a preparar café na cafeteira italiana pode fazer toda a diferença para aqueles que apreciam um café artesanal e mais forte.

É importante compreender os diferentes compartimentos da moka. A parte inferior é onde a água é armazenada e fica em contato direto com o fogo, enquanto a parte superior é o recipiente para o café pronto, com formato octogonal e um furo no centro.

A seguir, veja o passo a passo de como utilizar a cafeteira italiana.

  • Passo 1: Adicione água no compartimento inferior da cafeteira até atingir a altura da válvula de segurança, localizada no interior do compartimento.
  • Passo 2: Encaixe o filtro em forma de funil na parte inferior da cafeteira italiana.
  • Passo 3: Coloque o café moído no filtro, enchendo-o sem transbordar. Prefira grãos com moagem mais grossa.
  • Passo 4: Encaixe a parte superior da cafeteira moka sobre o filtro e rosqueie girando no sentido horário.
  • Passo 5: Coloque um pouco de água fria na parte superior da cafeteira italiana para evitar que a bebida entre em contato direto com as paredes de alumínio, o que poderia torná-la amarga.
  • Passo 6: Coloque a cafeteira no fogão e ligue a chama em fogo baixo. Evite o fogo alto para que a água fervente não passe rapidamente pelo café.
  • Passo 7: De tempos em tempos, levante a tampa da cafeteira para verificar se o café já está sendo extraído. Você pode desligar o fogo assim que o café começar a sair para o recipiente.

Pronto! Agora você pode saborear seu café. É importante lembrar que a cafeteira italiana moka não é térmica, portanto, é ideal consumir a bebida imediatamente ou transferi-la para uma garrafa térmica.

Dicas para fazer um bom café com a cafeteira italiana

Alimentos que contém cafeína

Para usar a cafeteira italiana corretamente, é essencial adicionar água e pó nas medidas adequadas. A quantidade de água deve atingir o nível indicado, próximo à válvula, para garantir a pressão necessária.

Recomenda-se uma proporção de 1:16 entre pó e água. Por exemplo, se a cafeteira comporta 200 ml, use cerca de 12,5 g de pó. O compartimento deve ser preenchido com pó, sem compactá-lo.

É importante lembrar que a cafeteira italiana segue as medidas do café espresso italiano. Uma xícara de moka corresponde a 50 ml e, se a cafeteira fizer quatro xícaras, são 200 ml.

Evite deixar a chama do fogão acesa até que todo o café suba para a parte de cima, pois isso pode resultar em uma bebida amarga.

Assim que a água começar a subir, espere cerca de 10 segundos e apague o fogo.

A granulometria do pó também é crucial. Não deve ser muito fina, para evitar obstruções, nem muito grossa, para evitar uma bebida fraca. A moagem recomendada é a mesma usada na prensa francesa.

Se preferir, é possível adicionar açúcar à água, mas tome cuidado para não queimar.

Lembre-se de limpar a cafeteira adequadamente. Vale ressaltar que um café especial geralmente possui uma doçura natural, dispensando a adição de açúcar.

Por fim, a recomendação mais importante é usar um café de qualidade. A escolha do café especial adequado pode ser aprendida em nosso blog.

Afinal, não há nada melhor do que fazer uma pausa e desfrutar de um delicioso café, perfeitamente extraído!

Como fica o café feito cafeteira italiana?

Como as garrafas térmicas funcionam?

A cafeteira italiana oferece uma alternativa doméstica para quem aprecia o espresso, utilizando pressão para extrair a essência do café de maneira semelhante.

Resulta em um café vigoroso e repleto de óleos essenciais, assemelhando-se ao espresso por não empregar filtro de papel e assim permitir a infusão de micropartículas.

Perfeita para os apreciadores de café encorpado e para quem deseja recriar em casa receitas de bebidas de cafeterias, como cappuccinos e frappés.